sábado, 1 de agosto de 2009

Prestando uma singela homenagem


Canção Da Meia-noite


Quando a Meia-Noite me encontrar, junto a você;
Algo diferente vou sentir, vou precisar me esconder;
Na sombra da lua cheia, neste medo de ser;

Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê
Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê

Quando a Meia-Noite me encontrar, junto a você;
Algo diferente vou sentir, vou precisar me esconder;
Na sombra da lua cheia, neste medo de ser;

Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê
Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê

Dona sonhora meia-noite eu canto esta canção anormal;
Dona senhora nesta lua cheia meu corpo treme o que será de mim;
Que faço forças pra resistir a toda esta tentação;
Das sombras da lua cheia, deste medo de ser;

Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê
Um vampiro, um lobisomen, um saci-pererê

_____________________________________________
Pego emprestadas hoje as palavras de uma dupla gaúcha que fez e músicou estes "versos", Kleiton e Kledir...

_________________________________________

O melhor é saber que independente da lua e do meu medo, eu posso ter tranquilidade mesmo à sombra da Lua Cheia, pois tenho um antídoto ao meu lado, alguém me faz navegar sem medo e que me faz sorrir sem receio...

O pobre peito desse desafinado que antes batia calado, agora bate com mais emoção, pois como diria Jobim, no "peito dos desafinados também bate um coração"...

À um tempo atrás nessa mesma data eu passava por um momento 100% desafinação e timidez, nervosismo e falta de fluidez... mas tudo se resolveu e agora posso voar tranquilo, pareado e talvez quem sabe até possa dizer que sou feliz!

Um comentário:

Luiza disse...

Mas a noite nos persegue...
o que dizer depois da homenagem tripla...
a lua cheia continua a nos iluminar… sob o céu estrelado tive mais uma noite linda ao TEU lado. Por mais simples que seja o momento, ele se torna especial com você. Pode ser manhã, ou tarde ou noite... não importa o horário, apenas a pessoa.
Posso ser um antídoto que te protege, mas não te impede de ser um vampiro,um lobisomen, um saci-pererê... que me encanta e me surpreende cada vez mais!
Engraçado que enqto escrevo a vc.. a musica “breathe” fica de fundo(mas não sou eu quem colocou, mas o destino.. O filme que te falei!).
“Words can’t say what love can do, i’ll be there for you.”
Ass: garotinha…