sexta-feira, 17 de julho de 2009

Cruzando os mares, com o vento soprando sobre seu convés...

A rainha dos mares do Sul não podia querer nada mais, é só isso que ela deseja, deixa ela partir, como rainha que é...
Soltará carinhosamente as amarras, sem maltratar a nenhum de seus súditos, pois foi acidente o ocorrido de antes... Trágica consequência da idade, mas nada que não pudesse ser solucionado!
Agora a rainha está renovada, com vigor novo, mostrando que ainda tem tempo e muito tempo além de serviços à prestar enquanto soberana do hemisfério sul.Nada melhor do que o mar para provar as novas forças da rainha!
Sua velocidade e pujança permanecem quase iguais àquelas de quando bateu quilha na água pela primeira vez, mesmo que lá sejam 50 remotos anos, a rainha está "intacta" na medida do possível...
O folêgo pode não ser mais o de uma adolescente, mas certamente que é de uma mulher e ainda muito vistosa sem dúvida nenhuma, pois o tempo passa e a rainha se cuida, e é bem cuidada...
Nestes azuis mares do sul, que são mais quentes e também mais calmos, a Rainha repousa, serena e mesmo quando à navegar em sua pressa, a serenidade parece permanecer...Oh rainha, oh bela!Não teves nem tempo de ser princesa, já nasceu rainha!
Pérola da Coroa, e capitânea magistral!
"Non ducor, duco"!

Nenhum comentário: